Agentes da segurança poderão ter transporte gratuito intermunicipal.

0

Projeto de Wancley Carvalho prevê que agentes de segurança pública, em atividade, de Mato Grosso, passem a ter direito a gratuidade no transporte intermunicipal.

O deputado Wancley Carvalho (PV), apresentou o Projeto de Lei 239/17 para garantir que os policiais civis, militares, bombeiros, agentes prisionais, rodoviários e federais em atividade em Mato Grosso, passem a ter direito a gratuidade no transporte intermunicipal.

Wancley defende que esta é uma antiga reivindicação dos profissionais de segurança pública, que muitas vezes precisam se deslocar pelo Estado a trabalho ou em função dele.

“Isso diminuiria até os custos do estado com os deslocamentos de efetivos. Por exemplo, nas operações de fronteira os policiais têm que se deslocar até esses pontos. Nosso estado é muito extenso. A cada troca de plantão, uma viatura tem que fazer esse deslocamento para levar esse policial até lá. Com a aprovação dessa Lei, eles podem utilizar dos transportes intermunicipais livrando viaturas para outras situações”, explicou.

Ainda de acordo com o deputado, essa iniciativa é um chamamento para debater alternativas de economia para o estado e mais conforto para o servidor. Segundo ele, o projeto ainda não foi apresentado aos órgãos responsáveis pelos transportes intermunicipais.

“Em outros estados do Brasil essa Lei já esta em vigor. A intenção é trazer isso também para o Mato Grosso. Tudo que for para melhoria dos servidores da segurança é um beneficio estendida a população. Vamos lutar para fazer valer aqui também”, destacou.

O presidente do Sindicato dos Escrivães de Mato Grosso (Sindepojuc), Davi Nogueira, disse que toda iniciativa para melhorar as condições de trabalho do servidor da segurança é um ganho também para a população.

“O sindicato vê com bons olhos esse projeto do deputado Wancley. Que será um beneficio a mais para os policiais. Vamos utilizar dessa condição com cautela e em situações em que haja necessidade”, falou Davi.

Ana Paula Soares/ALMT Foto: Rafael Manzutti/Sinfra-MT

Compartilhar

Deixe uma resposta