Alunos do IFMT Pontes e Lacerda representarão Mato Grosso na final da Olimpíada Nacional de Informática.

0

Dois alunos do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) Campus Pontes e Lacerda – Fronteira Oeste se classificaram e vão representar o Estado na final da Olimpíada Nacional de Informática, promovida pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC). A data e o local ainda serão definidos. Clendson Gabriel Mendes de Brito e Kayan Rosa Brandão cursam o ensino médio integrado ao curso técnico de informática e disputam a competição na modalidade programação nível 2.

Coordenadora do curso superior de Redes de Computadores, a professora Suliane de Oliveira Carneiro, que é delegada do campus na competição, destacou a preparação e o trabalho em conjunto. “Estamos representando o nosso Estado. Temos apenas nossos alunos representando Mato Grosso nessa etapa nacional. O nosso campus é muito distante da capital, Cuiabá, e isso vem trazer, mostrar, que as nossas crianças, adolescentes, estão estudando, se empenhando e que estamos fazendo um trabalho em conjunto que está funcionando”, disse. “A Olimpíada vem mostrar para os alunos outra ciência, que é a da computação. A ideia é que cada vez mais participem”, acrescentou.

Na competição, Suliane ainda ressaltou que os alunos colocam em prática o que veem na sala de aula. “As provas são baseadas em conceitos de lógica e programação para o ensino médio. Vão de questões fáceis às mais difíceis, que vão exigir um pouco mais conhecimento de sintaxe da linguagem e faz com que se envolvam mais com ensino técnico, o que é uma das oportunidades que o IF vem trazer para esses meninos e meninas”.

Hoje professor, mas também ex-aluno do curso de Redes de Computadores do campus e colaborador no processo de preparação dos alunos, José Wilson Flauzino destacou a criação do projeto “Code Cofe” com o objetivo de fomentar os estudantes. “Vemos que a partir do momento que eles têm o incentivo, começam a se interesssar cada vez mais e estudam de uma forma totalmente focada. Ficamos felizes porque até então nenhum aluno do campus havia passado em qualquer uma das fases e esse foi o primeiro ano que conseguimos. No Estado, ninguém passou para a final além deles”.

O professor ainda lembrou que caso conquistem medalhas, os alunos serão convidados para uma semana de curso no Instituto de Computação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Na modalidade deles, durante o processo, ocorrerá a seleção para escolher os quatro estudantes integrantes da equipe brasileira na Olimpíada Internacional de Informática, que vai acontecer ainda este ano no Irã. A competição no exterior conta com participação de equipes de mais de 80 países.

A Olimpíada Brasileira de Informática teve início em maio.Conforme a Sociedade Brasileira de Computação, “o objetivo é despertar nos alunos o interesse por uma ciência importante na formação básica hoje em dia (no caso, ciência da computação), através de uma atividade que envolve desafio, engenhosidade e uma saudável dose de competição”.

Weverton Correa

Compartilhar

Deixe uma resposta