Apoena apresenta os resultados de 2019

0

Evento reuniu autoridades, imprensa, líderes comunitários e representantes das instituições sociais de Pontes e Lacerda

Pontes e Lacerda (MT), 12 de fevereiro de 2020 – Em evento realizado ontem no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Pontes e Lacerda (ACEPL), a equipe Apoena apresentou os resultados, programas e atividades desenvolvidos em 2019. Assistiram à apresentação autoridades, imprensa, líderes comunitários e representantes das instituições sociais de Pontes e Lacerda.

Com o início da operação da Mina Ernesto, parte do complexo industrial Ernesto/Pau-a-Pique, em dezembro de 2019, a Apoena aumentou a sua equipe e segue gerando empregos. A mineradora encerrou o ano passado com 919 profissionais, entre próprios e de empresas parceiras, além de 17 jovens aprendizes e três estagiários. O novo empreendimento tem vida útil de três anos.

“As vagas ofertadas são em sua maioria da Oeste Construtora. Enquanto a Apoena busca engenheiros e geólogos, os nossos parceiros recrutam operadores de máquinas, motoristas, mecânicos, eletricistas, entre outras especialidades. Vale ressaltar que juntos pagamos R$ 41 milhões em salário no ano passado”, destacou Sirlene Aparecida de Melo, Coordenadora de Recursos Humanos.

A contribuição da mineradora para o desenvolvimento socioeconômico de Pontes e Lacerda e região vai além das oportunidades de trabalho, a empresa recolhe impostos, gera negócios e possui diversos programas na área de responsabilidade social. No último ano, foram R$ 148,7 milhões em salários, impostos, compras e contratos, ou seja, R$ 12,3 milhões mensais estimulando a economia de Pontes e Lacerda, Porto Esperidião e Vila Bela da Santíssima Trindade.

“São 70 mil pessoas sendo beneficiadas pela presença da Apoena na região, seja por meio do emprego, impostos pagos às Prefeituras, vendas ou prestação de serviços ou dos programas sociais. Direta ou indiretamente, é um empreendimento que gera valor para todos”, declara Jorge Camargo, Gerente-Geral.

Para perpetuar essa geração de valor, a companhia tem investido significativamente em educação, mais precisamente na Educação Empreendedora. Em 2019, 3,1 mil crianças, adolescentes e adultos tiveram aulas teóricas e práticas de empreendedorismo, fruto da parceria com o Sebrae e as Secretarias de Educação. “O objetivo é que eles sejam os geradores de emprego e negócios no médio e longo prazo. Este era o plano inicial, entretanto já há adolescentes empreendendo em Pontes e Lacerda e Porto Esperidião”, disse Roseli Rodrigues, Consultora de Comunicação e Comunidades.

Reforma do Hospital Vale do Guaporé, palestras beneficentes, entrega de alimentos e móveis, curso Auxiliar de Operações em Logística, patrocínio da Oeste Rural Show e doação de mudas para revegetação do Rio Guaporé e educação ambiental nas escolas públicas estão entre as ações socioambientais promovidas pela mineradora. “Produzimos 15 mil mudas de espécies nativas e recuperamos 32 hectares nas áreas que pertencem à empresa. Em parceria com o Lions Clube, levamos este trabalho para além das nossas instalações, beneficiando o meio ambiente da região e, consequentemente, a população”, afirma Vanessa Apostólico, Coordenadora de Segurança, Saúde e Meio Ambiente.

Para 2020, as novidades são a abertura da Mina Nosde, na unidade Ernesto, e o lançamento do programa Enxergar Além – Parceria, que apoiará projetos das instituições de Pontes e Lacerda em diversas áreas.

Compartilhar

Deixe uma resposta