Cacerense vai defender o Brasil nos jogos Panamericanos no Canadá.

0

O Cacerense  Leandro Aparecido da Silva é um dos quatro atletas da seleção brasileira de adestramento que vão disputar os Jogos Pan-americanos Toronto 2015 no Canadá, que serão realizados de 10 a 26 deste mês.

As provas de adestramento serão de 11 a 14 de Julho, no Centro Equestre de Caledon, local também das provas de salto e concurso completo de equitação.

No Pan Guadalajara 2011, o Brasil conquistou a quinta coloção por equipe, apenas Leandro Aparecido estava no México. O Adestramento brasileiro tem quatro medalhas em Jogos Pan-americanos, todas de bronze, sendo três por equipe e uma individual (Cidade do México/75; Caracas/83 e a medalha individual de Orlando Facada; e Rio 2007).

HISTÓRIA

Leandro Aparecido Silva, 32 anos, mato-grossense deCáceres (MT) e radicado em Ibiúna (SP), conquistou os dois índices olímpicos na Europa.

O primeiro deles foi em 06/06 em Lipiza, na Eslovênia, e o segundo índice em 27/06 durante o Internacional de Mierzecin, na Polônia. Com sua classificação o Brasil havia garantido pela primeira vez na história uma equipe de Adestramento nos Jogos Olímpicos, mas o sonho de competir por equipe foi interrompido com o corte do cavalo Nilo V.O. montaria de Rogério Silva Clementino, na manhã de segunda-feira, 11/08, na Inspeção Veterinária.

Cavaleiro versátil, Leandro Silva compete em modalidades diferentes, como Adestramento, Equitação de Trabalho e Equitação à Portuguesa, além de já ter participado de provas de Salto. Nas pistas, conquistou vários títulos nas três modalidades. Entre as conquistas internacionais foi Vice-campeão por equipe no Campeonato Mundial de Equitação de Trabalho, competição realizada em 2002 em Portugal, onde o cavaleiro também foi 8º colocado no ranking Individual.

No início de 2003 Leandro Silva passou uma temporada no México dando aulas de equitação, e no mesmo ano integrou a equipe brasileira de Adestramento nos Jogos Pan-americanos de Santo Domingo, na República Dominicana.  A partir de 2004 voltou para o Brasil e a rotina dos pódios nas competições de Adestramento Clássico.

A montaria de Leandro Silva é o tordilho Oceano do Top, garanhão de 14 anos e um dos mais bem-sucedidos cavalos Lusitanos nascidos no Brasil.
Criação de Antonio de Toledo Mendes Pereira, Oceano do Top foi propriedade, até maio de 2007, de Tonico Pereira e de José Roberto Guimarães – técnico da seleção brasileira de vôlei feminino – quando foi vendido para o publicitário Paulo Salles, titular da Fazenda Santa Izabel.

Integrante da equipe de Adestramento da Argentina com a amazona Sandra Smith no Pan do Rio 2007, Oceano do Top possui uma coleção de títulos nas pistas de Adestramento. No biênio 2004/2005 foi apontado como um dos dois melhores cavalos Puro Sangue Lusitano no Adestramento, e entre suas conquistas está o Troféu Eficiência 2005 da Federação Paulista de Hipismo pela série Especial (Sênior Top).

“Chegar numa Olimpíada é o sonho de todo atleta. Venho lutando minha vida inteira para isto. Ter competido no Pan de Santo Domingo foi uma oportunidade ímpar. Acredito que participar de uma Olimpíada não só acrescenta na minha experiência de vida como valoriza minha profissão”, declarou Leandro Silva. (Fonte: Rute Araujo)

Jornal Oeste

s

Cópia_de_segurança_de_nova logo 2015 news.

Compartilhar

Deixe uma resposta