Contas de energia podem ter aumento de até 2,47% após reajuste em MT.

0

No caso dos consumidores residenciais, o reajuste é menor, será de +1,50%.

As contas de energia elétrica podem aumentar em até 2,47% após reajuste aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), em Mato Grosso. A medida entra em vigor a partir desta quarta-feira (1°).

Todos os anos as tarifas de energia elétrica são reajustadas ou revisadas e, em Mato Grosso, isso ocorre todo mês de abril, no entanto, devido à pandemia do novo coronavírus, a medida estava suspensa até junho.

De acordo com o Diretor Regulador de Energia e Saneamento da Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Estado de Mato Grosso (AGER/MT), Wilber Norio Ohara, a partir deste mês, o efeito médio a ser percebido pelos consumidores mato-grossenses que gerem empresas é de até +2,47%.

Segundo ele, no caso dos consumidores residenciais, o reajuste é menor, será de +1,50%.

Ao receberem a fatura, caso não entendam ou não concordem com os valores ou informações ali contidas, os consumidores podem entrar em contato com a própria Energisa para solicitar esclarecimentos ou registrar a reclamação.

Se após o contato com a distribuidora o consumidor não se sentir satisfeito, poderá entrar em contato com a ouvidoria da AGER/MT.

A AGER/MT desenvolve, por delegação da ANEEL, as atividades de fiscalização dos serviços públicos de distribuição e geração de energia elétrica no Estado de Mato Grosso, além da atividade de Ouvidoria Setorial e Mediação Administrativa.

Algumas atividades, como a definição de Normas e Homologação de tarifas continuam sendo realizadas de forma centralizada pela (ANEEL).

Por G1 MT

Compartilhar

Deixe uma resposta