DELEITANDO NO AMOR DO SENHOR.

0

a

    Lucas 10:40 a 42  Marta, porém andava distraída nos muitos serviços e aproximando-se disse:Senhor, não te importas que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe, pois,  que me ajude.01

       E respondendo Jesus, disse-lhe, Marta, Marta  estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária , e Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada.

      Esta passagem relata quando Jesus passava por uma aldeia e certa mulher por nome Marta o recebeu em sua casa, e tinha esta uma irmã de nome  Maria, enquanto Marta com certeza uma dedicada dona de casa e anfitriã se dedicava aos afazeres do lar para receber Jesus , Maria não, esta se pôs aos pés de Jesus à escutá-lo; sem dúvida que devemos  receber as pessoas bem , sermos bons anfitriões , mas nunca ao ponto de deixarmos que não só os nossos afazeres domésticos, mas nada neste mundo venha nos distrair , nos afadigar , senão acabaremos  igual Marta não valorizando o quanto somos queridos ao coração do Pai, esperdiçando nosso tempo de estarmos juntos à Ele, mas isso só vem a ser possível  quando conseguimos compreender esse amor que nunca poderá alimentar orgulho próprio, porque esse amor só nos traz suave e preciosa humildade. No entanto para  conseguirmos essa humildade não é só afastando esse orgulho , mas sim nos enchendo de compaixão e ternura , que nada mais é a resposta do amor e do reflexo do coração do Senhor em nós , e esse dom deste amor não ficará escondido , pois, irradia por todo o ser porque brilha a glória do Senhor em nós, mostrando o afeto do Senhor por nós, e quando conseguimos viver e entender esta graça, e vamos recebendo a segurança deste amor , aí sim conseguiremos encher a nossa alma com a divina compaixão do Senhor e toda e qualquer fome espiritual nossa será saciada , ao contrário do que Maria conseguiu ver e Marta não tamanho afadigada que andava. Amém.

Por: Christiane Cavalcanti

Sem título-1

Compartilhar

Deixe uma resposta