Empresa de telefonia estabelece prazo para implantação de internet 4G em Nova Ubiratã

0

Indispensável em atividades relacionadas ao nosso cotidiano como estudo, trabalho e até na vida social, a internet 4G a cada ano ganha novos adeptos. No entanto, a grande extensão territorial do país dificulta a expansão desse tipo de serviço.

Distante 480 quilômetros de Cuiabá, Nova Ubiratã figura na lista dos municípios sem cobertura, nas opções 3 e 4G, do Sistema Global para Comunicações Móveis (GSM).

A boa notícia é de que esses serviços devem ser disponibilizados á partir do primeiro semestre de 2020.

A confirmação foi feita pela gerente de relações institucionais (Centro-oeste) da Empresa Telefônica, Alessandra Lugato, em resposta ao ofício enviado pela prefeitura do município.

Por meio de nota, a empresa detentora da concessão para exploração do serviço em Nova Ubiratã, afirmou que “está trabalhando em uma linha de transmissão própria para disponibilizar acesso ao que há de mais moderno em termos de telefonia móvel”.

Em outro trecho da nota, a empresa revela que “atualmente o município conta com apenas 01 Estação Rádio Base (ERB) com tecnologia 2G”, por sua vez defasada.

Responsável por oficializar o pedido de melhorias na prestação do serviço o secretário municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Cultura, Wellyngton Tavares, destacou a importância da conclusão da rede de transmissão da Empresa Telefônica.

“Atualmente todo e qualquer setor está ligado à tecnologia, as escolas, empresas, repartições públicas e até as propriedades rurais com a emissão de notas fiscais eletrônicas. Sendo assim, é importante que a empresa acompanhe essa evolução e disponibilize um serviço que venha de encontro com as necessidades desses usuários”, avalia o gestor.

Tavares citou ainda o apoio recebido pelo Poder Legislativo o que, de acordo com ele, foi fundamental para agilizar o processo junto a Empresa Telefônica.

"Os vereadores, assim como nós do Executivo, se dedicaram para que esse resultado positivo fosse alcançado. Estamos diante de mais uma ação conjunta que trará benefícios para toda a população", conclui.

Fonte: AMM
Compartilhar

Deixe uma resposta