Homem é preso com armas e veículo usado para transporte de entorpecentes em Mirassol.

0

Em rondas pelo bairro Jardim Pôr-do-sol, os policiais militares depararam com um indivíduo em fundada suspeita em um veículo Volkswagen Saveiro Cross de cor preta placa ntx-5729, que ao perceber a presença da viatura tentou desvencilhar tomando caminho diferente do da viatura, porém parou em uma rua sem saída, sendo abordado e durante a abordagem demonstrou bastante nervosismo, ficando trêmulo e não sabendo, no momento, sequer afirmar sobre o nome do proprietário do veículo.

Durante a busca veicular foi constatado que o veículo possuía indícios de que já havia sido utilizado para transporte de entorpecentes, indícios estes como portas frouxas, carenagens soltas, parafusos com sinais de contato com chaves, e fora encontrada ainda uma caderneta com diversas anotações com nomes e contatos de alguns traficantes e advogados conhecidos da região, além de várias anotações de missões a serem feitas e débitos a pagar e a receber, sendo estes em quantias exorbitantes, chegando a ultrapassar a casa dos R$ 80.000.

Indagado sobre a quanto tempo está em posse do veículo, este não soube nos informar, sendo que neste momento, diante da suspeita de algum tipo de ilícito no veículo, foi levado até a sede do 17° batalhão de Polícia Militar do município de Mirassol D’ Oeste, onde foi feita uma checagem minuciosa do veículo, sendo nesta oportunidade solicitada a presença dos agentes do Canil Integrado de Fronteira de Cáceres e de uma guarnição policial do Gefron.

No Batalhão foi solicitado para que o suspeito escrevesse seu nome completo e telefone em uma folha de papel, fins de confrontar se a letra do suspeito condizia com a letra das anotações no caderno, e foi verificado que os traços são equivalentes, dando a entender que fora realmente este que realizou as anotações, já que ao ser indagado sobre a procedência das anotações, o suspeito nada dizia.

Em companhia dos policiais, o suspeito foi levado até a sua residência sem o uso de algema e sentado confortavelmente no banco da viatura até sua residência, sendo que durante toda a busca domiciliar foi repassado ao suspeito que o motivo da busca não seria o constrangimento, inclusive sendo ele quem auxiliou os policiais nas buscas, sendo totalmente conivente com a ação policial.

Durante a busca embaixo do guarda-roupas do quarto do casal, foi localizada uma pistola PT58 calibre .380 com dois carregadores e 22 munições do mesmo calibre intactas, além de várias joias, as quais disse ser herança de família, porém sem nenhuma documentação que comprovasse tal herança. Em outro compartimento do mesmo quarto, fora localizado um carregador de pistola calibre .22 e 41 munições do mesmo calibre, além de um bloqueador de sinal de rastreamento, um rádio amador e um rádio HT.

Indagado sobre a procedência da arma de fogo, disse ter comprado pelo valor de R$4.000 e indagado sobre a procedência das munições calibre .22, disse ser de um revólver que teria vendido a um sitiante da região, de nome desconhecido. Após finalizar as buscas, retornamos ao Batalhão, onde os agentes do Gefron e do CanilFron foi feita pela equipe especializada a desmontagem do veículo Saveiro Cross, bem como a revista minuciosa feita através dos cães, porém nada de ilícito fora encontrado.

Vale ressaltar que durante a busca veicular foram encontradas um molho de chaves com identificação de uma f-350 de cor prata, além de uma chave chip de um veículo Dodge Ram, das quais o indivíduo não soube informar a procedência. O suspeito G. O. C. (25 anos) foi conduzido a Delegacia de Polícia Civil de Mirassol D’Oeste.

Joner Campos/CáceresNotícias

 

Compartilhar

Deixe uma resposta