IFMT-Pontes e Lacerda promove 2° Circuito de Arte e Cultura – Etapa de Artes Cênicas nesta quarta-feira.

0

O Instituto Federal de Mato Grosso Campus Pontes e Lacerda-Fronteira Oeste promoverá o 2° Circuito de Arte e Cultura – Etapa de Artes Cênicas, nesta quarta-feira, 14 de novembro. Na programação, são previstas apresentações de teatro de manhã, à tarde e à noite, no auditório do IFMT, todas gratuitas e abertas à comunidade.  A iniciativa objetiva promover um espaço para reflexões, lazer e descontração.

A programação terá início às 8h40, com a apresentação: “A floresta corre perigo”, do Grupo Teatro Ambiental da Fronteira, do Campus Pontes e Lacerda. Às 9h50 a sequência é com a apresentação:  “SOU NEGRO, NEGRA SOY”, da Cia Fuzarca, também do Campus. À tarde, às 16h40, ocorre o 2º. Festival de Cenas Curtas  (IFMT-Cáceres). À noite, às 19h, acontece a apresentação “Só Rebeldia”, do  Grupo Conectados na Arte, da Escola Estadual Deputado Dormevil Faria. Às 20h, sucede a apresentação “Miau”, do mesmo grupo.

A Primeira Etapa (de Música) do Circuito foi realizada no último dia 20 de outubro, na Praça do Ginásio Bezerrão. Na programação, apresentações musicais de artistas locais e também da região, como a orquestra do IFMT de Cáceres, além da mostra fotográfica. A entrada também foi gratuita e o evento aberto a toda comunidade.

Veja programação detalhada para a Segunda Etapa (14/11/2018)

8:40 – 9:30 Apresentação: “A floresta corre perigo” Grupo Teatro Ambiental da Fronteira  IFMT/PLC “Sinopse: a ganância do destruidor da natureza precisa ser contida, para tal, Dr. natureza aparece para defender a floresta e os animais que vivem nela. Quem será que irá vencer no final dessa história?”

9:50 – 10:40 Apresentação:  SOU NEGRO, NEGRA SOY- Cia Fuzarca IFMT/PLC

“Poemas encenados que tratam de racismo, escravidão, resistência, África, Brasil. A performance mistura literatura, teatro com música feita a base de ritmos afro brasileiros.”

16:40 – 17:30  2º. Festival de Cenas Curtas  IFMT-Cáceres.

“Três Cenas representantes do Festival de Cáceres.”

19:00 – 19:30 Apresentação: Só Rebeldia  Grupo Conectados na Arte – Escola Estadual Deputado Dormevil Faria

“Baseada nos acontecimentos ocorridos entre os anos sessenta e oitenta, a peça envolve música, dança e diálogos remetentes a época e também ao futuro, levando diversão e sensibilidade à sociedade em si. E sobre tudo deixar a reflexão do que mudou e o que ficou do comportamento das pessoas no trânsito.”

20:00 – 20:30 Apresentação: Miau  Grupo Conectados na Arte  Escola Estadual Deputado Dormevil Faria

“Não tenham expectativa, não precisam disso para assistirem esse espetáculo, por que ela matou um gato. Pura imprudência? Falta de atenção? Qual foi a sua infração? Atropelamento de animais pequenos tido como “normais”  pelas sociedade é o personagem principal desse espetáculo.”

 

Compartilhar

Deixe uma resposta