Justiça Eleitoral caça mandato de vereadora de Pontes e Lacerda

0

repetidora4

A então vereadora, Dr. Teresinha, teve seu mandato caçado por compra de votos nas eleições de 2016. A justiça entendeu que ela se aproveitou de seu cargo de médica para pedir votos de eleitores da comunidade Água na Boca, prometendo fazer consultas médicas ganhando ou não as eleições. Além de caçar o mandato da vereadora o juiz decretou que ela ficará inelegível por oito anos. Segundo ele as provas e testemunhas são apenas a confirmação do ato ilícito punível, de se valer de promessas de futuras vantagens em troca de votos. A vereadora não se manifestou sobre a decisão, mas ainda pode recorrer.

oficinacentral2

Compartilhar

Deixe uma resposta