“MEU GANHA PÃO” Ajoelhado, entregador implora para não ter moto guinchada em Cuiabá; veja vídeo

0

Populares também pediram para agentes não levarem instrumento de trabalho de motoboy

Um vídeo publicado pelo apresentador Everton Pop (SBT Cuiabá) nesta sexta-feira (10) mostra um entregador de aplicativo implorando para que agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) não levem sua motocicleta. O veículo foi guinchado enquanto o rapaz fazia uma entrega no bairro Jardim das Américas, em Cuiabá.

Ele, provavelmente, parou em local proibido, mas retornou antes dos agentes deixarem o local. Nas imagens, é possível ver o homem chorando e implorando para que a agente não leve seu “ganha pão”.

O veículo estava no caminhão guincho e o homem chora. “Esse é meu ganha pão moça, pelo amor de Deus, não faz isso”, falava o motoboy.

Na gravação, também é possível ouvir testemunhas pedindo para que os agentes da Semob retirem a motocicleta do caminhão-guincho.

Outro lado

A Secretaria de Mobilidade Urbana se posicionou sobre o caso por meio de nota.

Veja a íntegra:

Quanto ao vídeo divulgado por meio de redes sociais, a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) esclarece:

– A remoção da motocicleta deve-se ao estacionamento irregular em local proibido (destinado a embarque e desembarque), na rua Santiago, no bairro Jardim das Américas na data de sexta-feira, 10. 

– A atuação da fiscalização segue as orientações descritas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O desrespeito às normativas resultou na apreensão do veículo 

 -Após a remoção do veículo para a plataforma do guincho, o condutor – que reconheceu o erro de estacionar em local vetado pela legislação – solicitou a liberação, o que não pode ser atendido mediante o cumprimento do estrito dever de fiscalização. 

-Ainda na ocasião, a agente de fiscalização constatou a existência de débitos que vetam a circulação da motocicleta; 

– A motocicleta permanece no pátio de veículos da empresa terceirizada, Rodando Legal e, mediante o pagamento das infrações, será liberada ao condutor. 

-A Semob reitera que atua no estrito rigor do cumprimento à legislação e lamenta a situação.

-Sensibilizado com a situação, o prefeito de Cuiabá,  Emanuel Pinheiro, determinou a identificação do trabalhador e irá auxiliar, seguindo a legalidade, a liberação da referida motocicleta.

Fonte: Folha MAX

 

 

 

Compartilhar

Deixe uma resposta