Mineração Apoena concorre ao prêmio Empresas do Ano do Setor Mineral.

0

Mineradoras são indicadas pelo Conselho Consultivo da revista Brasil Mineral, Votação é online e ocorre até 9 de março de 2018.

Pontes e Lacerda (MT), 22 de fevereiro de 2018 – A Mineração Apoena está entre as indicadas ao prêmio Empresas do Ano do Setor Mineral, promovido pela revista Brasil Mineral, na categoria Metais Preciosos. A indicação das companhias é responsabilidade do Conselho Consultivo da publicação, o qual leva em consideração os investimentos em crescimento, inovação, sustentabilidade ambiental, política de recursos humanos e relacionamento com as comunidades.

“É uma honra estar entre as indicadas para o prêmio Empresas do Ano do Setor Mineral. Participar deste seleto grupo representa o reconhecimento de nossos esforços no que se refere a recursos humanos, sustentabilidade e relacionamento com as comunidades. Agradecemos ao Conselho Consultivo e à equipe da revista Brasil Mineral pela oportunidade”, afirmou Jorge Camargo, gerente-geral da Mineração Apoena.

As mineradoras são selecionadas por meio de votação direta dos leitores, que podem escolher duas empresas por categoria. A lista das indicadas por categoria, neste ano, é composta por Anglo American, Buritirama, Gerdau e Vale (Minerais Ferrosos); Caraíba, CBA, MRN e Nexa Resources (Não Ferrosos); AngloGold Ashanti, Aurizona, Brio Gold e Mineração Apoena (Metais Preciosos); Imerys, CMOC, CBL e Yara (Minerais Industriais/Fertilizantes), AB Areias, Embu, Somar e Itaquareia (Agregados).

A votação é online e ocorre até 9 de março de 2018. Participe:

http://www.brasilmineral.com.br/conteudo/empresas-do-ano-do-setor-mineral

Sobre a Mineração Apoena

A Mineração Apoena iniciou suas atividades no Mato Grosso com a aquisição das unidades São Francisco e São Vicente em 2010. Hoje, atua na região por meio das unidades São Francisco, localizada em Vila Bela da Santíssima Trindade, e Ernesto/Pau-a-Pique, que fica em Pontes e Lacerda e Porto Esperidião.

Compartilhar

Deixe uma resposta