Motorista se nega a levar cadeirante e ameaça mulher com barra de ferro

1

36d88c63-9527-46dd-874e-4cca6477d6e0

Um vídeo que circula na internet mostra uma mulher cadeirante tentando pegar o ônibus da linha 517, que realiza a rota do bairro Santa Laura, região do Coxipó. O motorista da 16002812_1342761875815115_5601656619238207151_nempresa Norte Sul não quis levar uma cadeirante e chega a jogar o carro para cima de algumas pessoas que esperavam o ônibus e ainda saiu com ferro na mão para ameaçar uma mulher. As imagens foram gravadas na sexta (13), veja vídeo abaixo.

Conforme as imagens, moradores estavam esperando o veículo há pelo menos 1h30, e, quando o ônibus chegou, o condutor não quis nem abrir a porta. Uma mulher indignada afirma ter horário para ir ao médico e diz que precisa pegar esse ônibus, como o homem não quer deixar ninguém entrar e nem pegar a cadeirante a mulher vai para frente do carro no intuito de não deixá-lo sair.

O motorista irritado pega uma barra de ferro e parte para cima da mulher. “Qual que é o problema aqui”, diz levantando o objeto ameaçando bater na mulher. Ele volta para o veículo e dá partida mesmo com as pessoas na rua. No fim, não leva nenhum passageiro. A cadeirante aparece na imagem chorando.

Outro lado7961cc69-d74f-41af-a3f9-d0f6d53a8b28

Por meio de nota a Empresa Norte Sul lamenta o ocorrido e afastou de imediato o motorista da função. Informa ainda que foi aberta uma auditoria que vai apurar todas as circunstâncias do fato e que serão tomadas as providências administrativas necessárias após a conclusão. 

 A NS ressalta que todos os motoristas passam por treinamento, inclusive com simulações, para melhor atendimento a idosos, gestantes e cadeirantes. E que o elevador usado para embarque e desembarque de cadeirantes estava funcionando normalmente, o que foi comprovado após vistoria realizada pela Semob. 

img-20161114-wa0003

Compartilhar

1 COMENTÁRIO

  1. Isso e uma falta de respeito com a pessoa humana, tem seus direitos violados e não à punida de para os autores. Pra que serve a Constituição se não ha cumprimento das lei nela descrita.

Deixe uma resposta