Período de proibição da pesca em rios de MT começa dia 1º de novembro.

0

esqueceu o n

Novidade para você, clique aki ⇒ www.lig3000.com.br, o seu disque informação.

O Conselho Estadual da Pesca (Cepesca) definiu o período de defeso da piracema para os rios de Mato Grosso. A partir do dia 1º de novembro a pesca na bacia do Araguaia-Tocantins está proibida. Já nos rios da bacia do Paraguai e Amazonas a proibição começa no dia 5 de novembro. A pesca será liberada novamente a partir do dia 29 de fevereiro de 2016. Quem desrespeitar a legislação poderá ter o pescado e os equipamentos apreendidos, além de levar multa de R$ 1 mil a R$ 100 mil, com acréscimo de R$ 20 por quilo de peixe encontrado.
De acordo com o diretor da Sema unidade Tangará da Serra, Jefferson Zucchi, só será permitida pesca de sobrevivência, sendo três quilos ou um exemplar. “A fiscalização é intensificada nesse período por se tratar da importante reprodução do pescado”,a afirmou o diretor, explicando que a piracema é um processo natural que acontece em ciclos e coincide com a estação das chuvas em que os peixes migratórios se deslocam rumo à cabeceira dos rios, em busca de alimentos e condições adequadas para o desenvolvimento das larvas e dos ovos. “Considerando tudo isso é que ficou estabelecido o período de defeso, que tem por objetivo possibilitar a renovação dos estoques pesqueiros para os anos seguintes”.
A pesca depredatória e outros crimes ambientais podem ser denunciadas por meio da Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838; no site da Sema (www.sema.mt.gov.br), por meio de formulário; ou ainda nas unidades regionais do órgão ambiental.

 

OUTDOOR-MACEIO-OK

10897950_516372478505392_5223709439601869597_n

Compartilhar

Deixe uma resposta