Polícia Civil apreende 470 pedras de diamantes em Comodoro

0

A Polícia Civil apreendeu 470 pedras de diamante na posse de um homem de 48 anos, que foi abordado em um veículo Peugeot, no município de Comodoro (644 km a Oeste), no sábado (06.07), após denúncia na Delegacia de Polícia sobre o transporte pedras preciosa.

O veículo vinha da cidade de Vilhena, Rondônia, em direção Comodoro, e foi abordado na BR 174, por volta das 12 horas. O automóvel era conduzido por A. R.C.J, 43 anos, e com ele encontradas duas joias, um par de brinco e um pingente com pedrinhas de diamante e R$ 2,4 mil.  Com o passageiro, A.C.S., de 48 anos, foram encontrados dois um invólucro com dois montantes de pedras de Diamante, um com 290 e outro com 180, totalizando 470 pedras, além de R$ 403, 00.

Os dois suspeitos foram levados para a Delegacia de Polícia e autuados em flagrante por receptação. Ele informaram que as pedras são de exploração em um garimpo na Reserva Roosevelt, em Espigão do Oeste, Rondônia, e que seriam comercializadas em Diamantino/MT.

Um dos presos é Almir Ribeiro de Carvalho Júnior, de 43 anos. Ele é ex-assessor da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). Almir foi exonerado do cargo de assessor adjunto do gabinete da ALMT em outubro de 2018.

O outro preso é Alison Celsa da Silveira, de 48 anos. Ele era o passageiro do veículo.

De acordo com a Polícia Civil, a denúncia apontou que as duas pessoas estariam em um determinado veículo passando pela BR-364, rumo à capital mato-grossense.

O caso foi repassado para a Justiça Federal de Cáceres, a 220 km de Cuiabá, para ser investigado.

Assessoria | PJC-MT

Compartilhar

Deixe uma resposta