Politec identifica vítima de facção criminosa em Campo Novo do Parecis.

0
José Cícero, de 38 anos, foi identificado pelas digitais (Foto: TVCA/ Reprodução)

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) identificou o primeiro dos quatro restos mortais encontrados na zona rural de Campo Novo do Parecis nesta quinta-feira (10.05). Conforme o papiloscopista da Politec de Tangará da Serra, Abmael dos Santos, a identificação através das impressões digitais foi possível devido ao estado de mumificação do corpo de uma das vítimas”.

Os outros três restos mortais, esqueletizados, foram enviados para identificação e necropsia no setor de Antropologia Forense do IML de Cuiabá. A necropsia da primeira vítima, identificada como José Cícero Barbosa da Silva, de 38 anos foi concluída nesta sexta-feira (11.05).

Ele foi identificado por meio da comparação das digitais com o prontuário civil de uma das pessoas desaparecidas que foram vítimas de uma facção criminosa que age na região.

O caso está sendo investigado pela Polícia Judiciária Civil de Campo Novo do Parecis (396 km a Noroeste), que  prendeu na manhã de quarta-feira (09) um ex-militar do Exército suspeito de integrar a organização criminosa que teria agido em pelo menos cinco homicídios nos últimos meses.

Assessoria | Politec- MT

Compartilhar

Deixe uma resposta