Quadrilha de roubo a fazendas é presa após ação da PM e da PJC .

0

Bandidos eram muito violentos e buscam armas dentro das propriedades rurais.

Uma ação conjunta da Polícia Militar (PM) e Polícia Judiciária Civil (PJC), deflagrada na madrugada desta quinta-feira (22.06), desarticulou uma quadrilha de roubos às fazendas nos municípios Campo Novo do Parecis, Nova Maringá e Brasnorte.

Investigações das forças de segurança identificaram seis membros. Até o final da manhã desta quinta-feira, quatro pessoas pertencentes a quadrilha já estavam presas. Outros dois estão foragidos, contudo, os advogados dos suspeitos já entraram em contato com a delegacia para negociar a entrega dos suspeitos.

Junto com os presos, a polícia apreendeu várias armas, inclusive de grosso calibre, munição, motosserras, televisores, um veículo S10 roubado e que era utilizado nas ações, uma motocicleta e demais objetos de valor das vítimas.

O delegado de Campo Novo do Parecis, Adil Pinheiro de Paula, disse que a quadrilha realizou em menos de 45 dias oito roubos às propriedades rurais. Ainda segundo o delegado, o “modus operandi” do grupo era de usar a violência na abordagem às vítimas.

“Atuavam sempre do mesmo jeito, chegavam de cinco a seis homens e rendiam os proprietários. A busca era sempre armamento”, destacou o delegado ressaltando que o destino das armas roubadas era para repassar a uma organização criminosa.

A última ação dos bandidos foi registrada no dia 14 de junho, quando duas fazendas na mesma noite foram invadidas.

Participaram da ação para desmantelar a quadrilha policiais militares e civis das cidades de Campo Novo do Parecis e Tangará da Serra.

Hérica Teixeira

Compartilhar

Deixe uma resposta