Revista diz que Mato Grosso é o Estado que mais desmata. Em um ano o índice no estado subiu 152%

0

Nesta semana, o Imazon divulgou dados sobre o desmatamento nos estados da Amazônia Legal e as notícias não foram boas. O índice de derrubadas na maioria dos nove estados aumentou. Mato Grosso teve o pior desempenho. IMG-20150728-WA0030Entre agosto de 2014 e julho de 2015, o derrubada de árvores no estado mais que dobrou em comparação com o mesmo do período anterior. Foi um crescimento de 152%, indo contra a tendência de queda, registrada nos últimos anos. Para que possamos entender melhor o perfil desses desmates, o Instituto Centro de Vida (ICV) montou um infográfico interativo com os dados do Mato Grosso. O estado lidera o ranking nacional de corte da floresta – é responsável por 31% de todo o desmatamento da Amazônia Legal. Os gráficos mostram, por exemplo, que a maior parte das áreas desmatadas está em imóveis rurais não cadastrados no Sistema Integrado de Monitoramento e Licenciamento Ambiental (SIMLAM) – versão estadual do CAR. Na teoria, esses sistemas são a forma do governo mapear os desmatamentos que aconteceram ilegalmente até agora e controlar as áreas que devem ser recuperadas. Também é uma forma de coibir novas derrubadas ilegais, já que os dados sobre localização e donos das terras estão facilmente acessíveis. Na prática, a devastação da floresta continua. Um outro estudo do Imazon já havia mostrado que o CAR também não inibiu os desmatamentos no Pará. Segundo os dados atuais, o município de Colniza é o maior desmatador do Mato Grosso. Foram 171 quilômetros quadrados de retirada da floresta – registrou aumento de 204% na comparação dos dois períodos em questão. Alice Thuault, diretora adjunta do ICV, destaca que o município não aderiu ao Programa Municípios Sustentáveis. Se tivesse feito isso, já teria elaborado um plano de metas de gestão ambiental e fundiária no município, incentivando o fim das derrubadas ilegais. “Já está provado que não é necessário mais desmatar para produzir. Mato Grosso, como maior produtor de grãos e maior rebanho bovino do Brasil, precisa assumir esse compromisso e empenhar esforços para zerar o desmatamento”, afirma.

KIHARA LOGO

mail.google.com

Compartilhar

Deixe uma resposta