ROSÁRIO OESTE: PM e PJC prendem três policiais militares indiciados por homicídio.

0
Ronaldo Vargas da Cunha foi visto pela última vez em dezembro de 2016 (Foto: Reprodução/ Facebook)
BANNER-MATERIA
Em uma ação integrada entre as Polícias Civil e Militar, três policiais militares de Rosário Oeste (128 km ao Norte) foram presos suspeitos do assassinato de Ronaldo Vargas da Cunha, 25 anos. O inquérito policial que apurou o desaparecimento do jovem foi concluído pela Polícia Judiciária Civil, sob responsabilidade do delegado Fabiano Pitoscia, no dia 8 de março, e no final da apuração foi representado pela prisão preventiva de três policiais militares, apontados nas investigações como os responsáveis pelo sumiço do rapaz, visto pela última vez no dia 13 de dezembro de 2016, depois de uma abordagem policial.
A ordem de prisão decretada pela Comarca de Rosário Oeste de um sargento e dois soldados foi cumprida pela Corregedoria da Polícia Militar em conjunto com a Polícia Civil. No inquérito policial, os militares estão indiciados por homicídio qualificado e ocultação de cadáver.
No local da abordagem, a bicicleta da vítima foi encontrada abandonada e duas testemunhas moradoras da proximidade teriam visto o rapaz entrarem na viatura, assim como outras provas coletadas ao longo da investigação, que embasaram o inquérito já relatado e enviado ao juiz da comarca de Rosário Oeste.
De acordo com a Corregedoria da PM, os policiais já estavam afastados das atividades operacionais desde a denúncia e abertura de procedimento investigatório pela Corregedoria. Agora eles estão à disposição da Justiça.
Assessoria | PM/PJC
4138555b-a905-4de8-bb15-2b74a2748cb7
66a4b869-5e2e-4022-8c4d-d300b2e1ef96
Compartilhar

Deixe uma resposta