Após descobrir nódulo no pulmão, senador Carlos Fávaro testa positivo para o coronavírus.

0
Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

O senador por Mato Grosso, Carlos Fávaro (PSD), confirmou que testou positivo para o novo coronavírus. Conforme sua assessoria de imprensa, o parlamentar apresenta bom quadro clínico e segue as orientações médicas, em isolamento, dentro de sua casa. Ele está internado em São Paulo, após ter descoberto um nódulo no pulmão.

Conforme nota de sua assessoria, após apresentar alguns sintomas, Fávaro realizou o teste para Covid-19. A primeira amostra apresentou resultado negativo. Porém, o segundo exame atestou a presença do vírus.

Ele está internado em São Paulo, onde fazia exames por conta de um nódulo encontrado em seu pulmão. O diagnóstico foi dado em maio ao senador. Ele fazia uma bateria de testes, quando a Covid-19 foi constatada.

Sendo assim, os médicos de Fávaro decidiram já interná-lo no hospital.

“O parlamentar está adotando todas as medidas de saúde e segurança sanitária necessárias e recomendadas pelas autoridades. Apresenta bom quadro clínico e mantém suas atividades de forma telepresencial”, diz trecho da nota.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (17.06), 7.361 casos confirmados por Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 272 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Nesta quinta-feira (18), Nova Mutum confirmou mais uma morte, do ex-vereador Ademir Messias da Silva, que deverá entrar na contagem no fim do dia.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (2.021), Várzea Grande (628), Rondonópolis (611), Primavera do Leste (309), Tangará da Serra (283), Sorriso (269), Confresa (246), Lucas do Rio Verde (200), Sinop (196), Nova Mutum (178), Campo Verde (149), Pontes e Lacerda (137), Barra do Garças (130), Alta Floresta (105), Cáceres (87), Campo Novo do Parecis (85), Querência (76), Jaciara (73), Sapezal (66) e Nossa Senhora do Livramento (60).

 

Wesley Santiago/OlharDireto

Compartilhar

Deixe uma resposta