Após ter produção de queijo apreendida pela fiscalização, pequeno produtor comete suicídio

1

Um homem cometeu suicídio após se ver desesperado em decorrência da apreensão de sua produção de queijo mussarela. O fato aconteceu, no município de Edealina, região sul do estado.

Segundo informou o delegado de Polícia Civil, Dr. Kelps Barreto, o homem teria se desesperado com o possível prejuízo que sofreria após apreensão de uma considerável quantidade da mercadoria.

queijo 3

Ainda de acordo com o delegado, tudo aconteceu quando os fiscais da Agrodefesa foram até o pequeno laticínio do Sr. João Machado, conhecido em Edealina como João da Queijeira.

No local, a fiscalização da Vigilância Sanitária do Estado Goiás teria constatado algumas irregularidades, e informou ao proprietário que devido a reincidência, seria feita a apreensão de toda a produção de queijo, ali estocada.

Segundo fontes não oficiais, a produção apreendida foi  avaliada em cerca de 40 mil reais. Além de perder a mercadoria, o pequeno produtor ainda teria que arcar com o pagamento de multas.

O delegado Kelps Barreto contou que enquanto os fiscais preparavam o carregamento do produto apreendido, inconformado, e em ato de desespero, o proprietário do estabelecimento, João Machado, pendurou-se pelo pescoço em uma corda, jogando-se dentro de uma cisterna.

Compartilhar

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta