MPE denuncia caminhoneiro que transmitiu HIV de propósito a pelo menos cinco mulheres em MT.

0

 

A materialidade dos crimes foi comprovada após exames laboratoriais das vítimas e do suspeito.

O Ministério Público Estadual (MPE) denunciou à Justiça o caminhoneiro Haroldo Duarte da Silveira, de 32 anos, por transmitir, de propósito, HIV a pelo menos cinco mulheres em Mato Grosso.

O processo corre sob segredo de Justiça.

A materialidade dos crimes foi comprovada após exames laboratoriais das vítimas e do suspeito.

Ao serem ouvidas, as vítimas afirmaram que, durante as relações sexuais, o suspeito não anunciou ser portador de doença e não usou métodos contraceptivos.

No entendimento da Polícia Civil, o suspeito agiu com dolo porque assumiu o risco de contaminar suas parceiras com “doença que se não detectada e tratada poderia levá-las a morte”.

Uma das vítima só descobriu o vírus durante exames de rotina. Segundo a vítima, durante o tempo que foi casada com o suspeito, ele nunca falou sobre ser portador de vírus.

“Eu gostava dele e como já estávamos juntos há um tempo, aceitei ter relação sem preservativo”, disse ela.Por G1 MT

Compartilhar

Deixe uma resposta