Seleção olímpica vence nos pênaltis e comemora ouro inédito no futebol

0

A seleção brasileira conquistou à pouco, no Maracanã, a tão sonhada medalha de ouro no futebol olímpico. E a conquista foi sofrida, veio nos pênaltis após o empate em 1 a 1 com a seleção alemã.

O jogo foi sofrido. O gol de Neymar em cobrança de falta, aos 26 do primeiro tempo, veio em ótima hora e serviu para frear o bom momento da seleção alemã na partida. Até então, eles já haviam assustado o goleiro Weverton em duas oportunidades, com a bola parando no travessão.

O primeiro tempo acabou assim, com vantagem brasileira, mas a vantagem brasileira no placar não durou muito tempo e o empate aconteceu. A seleção brasileira então apostou na velocidade de seus atacantes, com Neymar buscando o jogo a todo instante. O segundo tempo acabou e veio a prorrogação, com o Brasil mandando no jogo, assustando os adversários, mas tendo que se cuidar muito com o contra ataque alemão.

E o destino quis que a conquista inédita tivesse uma pitada a mais de emoção. Ela veio nas cobranças de pênaltis. Os alemães abriram a série e converteram as quatro primeiras cobranças, assim como a seleção brasileira. Mas na quinta cobrança, o goleiro Weverton provou que o técnico Rogério Micale não estava errado, quando o chamou para a vaga do lesionado Fernando Prass. Ele defendeu a cobrança de Petersen, nada mais, nada menos que um dos artilheiros do torneio olímpico no Brasil.

E coube a Neymar, desgastado e com evidente sinais de cansaço, converter sua cobrança e decretar a conquista inédita do ouro à seleção brasileira.

alphaville

Compartilhar

Deixe uma resposta