Servidores de Mato Grosso participam de seminário na China

0

A China tem buscado divulgar, por meio de seminários, o que o governo local tem feito em aspectos como infraestrutura e logística, planejamento, governança, inovação, entre outros assuntos. De 10 a 23 de outubro, uma comitiva de servidores do Governo do Estado e entidades parceiras participa do Seminário Sobre Investimento Exterior Brasil China, em Qingdao, na província de Shandong.

“Essa aproximação com o Governo chinês é muito útil, pois viabiliza ao Estado parcerias que podem ser importantes nas diferentes áreas das quais os chineses têm expertise”, afirma César Miranda, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico.

De acordo com Rita Chiletto, assessora de Relações Internacionais do Governo de Mato Grosso, o Brasil é um parceiro importante dos chineses e, dentro do país, Mato Grosso é o estado mais relevante para eles. “Nesta capacitação, de dez pessoas convidadas, sete são daqui. São servidores e pessoas de entidades que têm trabalho relacionado a investimentos externos e comércio exterior”, explica.

O curso é ministrado por professores doutores da Escola Profissional de Comércio Exterior de Shandong e, além das atividades curriculares, haverá visitas técnicas. O secretário adjunto de Investimentos e Agronegócio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Walter Valverde, está participando da missão e acredita no estreitamento da relação com a China.

“Esperamos mais proximidade com o governo chinês e também com as empresas do país. Aqui, estamos aprendendo muito sobre investimentos e infraestrutura na construção civil, ferrovias, rodovias, portos e tecnologias como telecomunicação e agricultura de precisão. Todos temas fundamentais para um estado como Mato Grosso”, relata.

A comitiva já visitou a CRRC, empresa de produção de locomotivas e vagões de passageiros e cargas, a Hisense, que é um centro de pesquisa e desenvolvimento de tecnologia em casas inteligentes, transmissão de alta resolução, linhas de refrigeradores e ar condicionados e telefonia, o Banco da China, a Comissão de Economia e Comércio para entender as políticas chineses para resultados dos investimentos, associação de indústrias e outros.

Representantes do governo do Estado, por meio da Sedec, secretário adjunto Walter Valverde e assessora Eulália Souza de Oliveira, e da Secretaria de Estado de Ciências, Tecnologia e Inovação (Seciteci), superintendente de Desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação, Letícia Auxiliadora de Figueiredo Oliveira, fazem parte da comitiva.

Há a participação do deputado estadual Ulisses Moraes, do consultor da Assembleia Legislativa, Rafael Bello Bastos, do gerente de Comércio Exterior e Projetos Estratégicos da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (Fiemt), Lucas Barros, e do Presidente da Comissão de Direito Internacional da OAB-MT, Elvis Klauk Junior. O transporte, curso e hospedagem foram custeados pelo governo chinês.

Fonte: GOV MT
Compartilhar

Deixe uma resposta